//

Um pesquisador da Universidade do Porto e coordenador do laboratório de pesquisa em sexualidade humana, Pedro Nobre, em Portugal, afirma que os homens que sofrem de disfunções eréteis acabam por crer em mais mitos sexuais.

O pensamento mais presente entre os homens de todas as idades e nível intelectual é que eles acreditam que devem estar sempre dispostos para o sexo, ou seja, nunca podem dizer não!

Tais pensamentos estão associados à crença do “macho latino”, que segundo Nobre, é quando os homens (sendo a maioria os que sofrem de impotência) acreditam nos mitos que dizem respeito ao “dever” dos homens de ficarem horas fazendo sexo sem parar, o dever de satisfazer a mulher sempre independente de fatores externos e, além disso, acreditam também que a relação sexual só se dá com penetração.

Vendo por outro lado, as mulheres também sofrem quando acreditam em crenças sexuais, já que normalmente o nível de prazer destas diminui. As crenças femininas são um tanto quanto diferentes, já que incluem algumas do tipo: “só vou fazer sexo se ele der o primeiro passo”.

Outros pensamentos que tomam conta das mentes femininas são sobre os orgasmos e o especialista garante tal preocupação, dizendo que muitas mulheres tem medo de não terem performances sexuais boas, além de se sentirem obrigadas a terem orgasmos, sendo estes simultâneos, vaginais ou múltiplos. Além disso, o medo de não ter um corpo perfeito e perder o desejo sexual com a idade são outros mitos que atrapalham o desejo sexual feminino.

Para o pesquisador, essas crenças acarretam num “conjunto de consequências negativas”, pois a maioria destes diz respeito a mitos irrealistas. Sendo assim, a grande realidade é que essas crenças sexuais são as principais responsáveis pelos problemas encontrados no sexo.

Sendo assim, o estudo apresentado pelo SexLab “Saúde Sexual no Homem e na Mulher” conclui que o importante para todos os indivíduos e fundamental para manter uma vida sexual saudável é ter pensamentos sexuais e emoções positivas.

O estudo também foi fundamental para a valorização dos psicólogos e terapeutas sexuais para o tratamento das disfunções e auxílio para controle emocional e pensamentos negativos com relação à atividade sexual.

Fonte: Notícias ao minuto

 

Tags:, , , , , , ,

Posts Recentes

Dúvida?

RSS

T |

41

9991-2512
(Entre em contato via Whatsapp)

R |

Anita Garibaldi, 850, Sl 501 - Torre Success - Ahú

E |

claudia@claudiagraichen.com.br

Explay Web Agency